domingo, 1 de junho de 2014

Assassinato Silencioso;

essa briga com as palavras. sangro eu. deleto elas. e mesmo assim aniquiladas, vencem-me. com sua faca em minha garganta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário